wordpress visitors

Newsletter


Bike Magazine realiza mega-comparativo de lubrificantes de corrente para Bicicletas

BIKE Magazine Edição n.º111 · Texto: Alexandre Silva · Fotos: Rui Botas

Uma questão de Deslize...

Reunimos vários produtos lubrificantes e submetemo-los a um teste rigoroso normalmente aplicado em meios industriais. Não há por onde fugir e aqui se vê quem vai até ao fim ou quem fica encalhado pelo caminho.

A ideia de comparar lubrificantes de corrente a este nível surgiu quando conhecemos a máquina de teste que vêem aqui. Esta máquina foi desenvolvida pela GM para controlar e testar a qualidade e capacidade lubrificante de óleos, Esta máquina basicamente faz girar uma peça metálica(3) que será pressionada por outra(4) até que ambas "roam" por fatia de lubrificação (ver esquema na página seguinte).

Neste teste tirámos algumas conclusões, e houve produtos que se destacaram. Mas há que lembrar que todos eles funcionam nas correntes. Por terem tido um desempenho menos positivo nesta máquina não significa que não sejam bons para proteger a corrente. Até porque este teste extremo utiliza como referência cargas que um ciclista nunca conseguirá aplicar numa transmissão. Além disso, nesta máquina o desgaste verifica-se através de fricção directa entre duas peças. Ou seja, um cenário que não é directamente aplicável às transmissões das bicicletas. Podemos afirmar que todos os produtos neste teste têm um desempenho razoável nas correntes das bicicletas, e o que faz a diferença entre eles é a composição, os ingredientes.

Antes, os lubrificantes eram bastante simples. Depois foi introduzida a grafite, que permitia suportar melhores temperaturas e ainda garantir alguma protecção às peças com um ligeiro tratamento anti-fricção. Depois surgiu o Teflon, um material muito mais avançado, que suporta temperaturas ainda mais elevadas e garante um tratamento anti-fricção impressionante. Mas nem todos os produtos que contêm teflon têm o mesmo desempenho. Isto porque o Teflon é um produto da Dupont, que o fabrica e vende às marcas a preços pouco convidativos. Por isso, algumas marcas optam por colocar uma pequena quantidade de teflon na composição do seu produto, mantendo o preço final baixo. Pode-se dizer que quanto mais percentagem de tefion existir num produto, mais razoável o desempenho. É claro que existem outros ingredientes e algumas marcas valem-se deles, sendo "secretos"! Nos lubrificantes para condições húmidas, fizemos o teste recorrendo a um reservatório de água que mantém as peças sempre molhadas, para verificar se o lubrificante não "desaparece"!

Em seco, a temperatura gerada pela fricção faz com que os lubrificantes percam qualidades. Mas falamos de temperaturas impossíveis de atingir numa bicicleta. O "peso" indicado para cada lubrificante indica a carga que aguentou até a máquina deixar de rodar. Junto a cada produto, vemos uma imagem com a peça de teste (4) e o desgaste nela provocado.


GRA MASSA ESPECIAL ANTI-FRICÇÃO EM SPRAY (AEROSSOL) 400ml

Preço: 16,87 euros
Embalagem: 400ml
Tipo: spray
Clima: todos
Peso suportado: 216kg (máx.)
Observações: nunca pára de rodar em húmido pois forma-se uma película lubrificante nas peças e não sai, evitando o desgaste das mesmas. Em seco, com o aumento da temperatura, pára ao fim de 5 min.
Importador: Mundialub - www.faher.pt


CORDO PTFE SPRAY

Preço: 6,9 euros
Embalagem: 400 ml
Tipo: spray
Clima: normal
Peso suportado: 84 kg Observações: testado apenas a seco.


FINISH LlNE XC

Preço: 3,96 euros
Embalagem: 60ml
Tipo: líquido
Clima: húmido.
Peso suportado: 60kg
Observações: mostrou o mesmo desempenho tanto a seco como na presença de água.


FINISH LlNE TEFLON PLUS

Preço: 3,96 euros
Embalagem: 60ml
Tipo: líquido
Clima: seco
Peso suportado: 72kg
Observações: testado apenas a seco.


FINISH LlNE XC

Preço: 8.64 euros
Embalagem: 200g
Tipo: spray
Clima: húmido
Peso suportado: 60kg
Observações: mostrou o mesmo desempenho tanto a seco como na presença de água


MOTORE DRY LUBE  

Embalagem: 30 ml
Tipo: líquido
Clima: seco
Peso suportado: 216kg (máx.)
Observações: devido ao aumento de temperatura, a máquina ainda rodou durante 5min 40seg depois da aplicação.


PEDRO'S ICE WAX

Preço: 6,99 euros
Embalagem: 120ml
Tipo: liquído
Clima: seco
Peso suportado: 216kg (max)
Observações: devido ao aumento de temperatura, a máquina ainda rodou durante 27 seg. depois da aplicação.


RSP RED OIL PTFE

Preço: 6,9 euros
Embalagem: 400ml
Tipo: spray
Clima: normal
Peso suportado: 84kg
Observações: testado apenas a seco


WELDTITE CYCLE OIL

Preço: 2,4 euros
Embalagem: 125ml
Tipo: líquido
Clima: normal
Peso suportado: 60kg
Observações: testado apenas a seco


WRENCH FORCE ICE WAX

Preço: 12,3 euros
Embalagem: 355ml
Tipo: spray mousse
Clima: todos
Peso suportado: 72 kg
Observações: testado apenas a seco.